segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A tão famosa USP

Conheço a USP desde quando me conheço por gente e nesta época o lugar era tranquilo, o pessoal passeava por lá de domingo com as crianças, os portões estavam sempre abertos (acho que nem existiam portões),  dava para soltar pipa na Praça do Relógio e a Rua do Matão não tinha aquele tanto de lombadas (descê-la de bicicleta era o máximo!!!). Só um detalhe... nem faz tanto tempo assim, hein!!!

Hoje muita coisa mudou: a USP está cheia de portões, está perigosa pra diabo, não se pode passear por lá de domingo pois a entrada é proibida, tem um montão de assaltos e virou passagem para os carros (muuuuuuuitos) que querem desviar do trânsito da Marginal Pinheiros. 

Só que nem tudo está perdido, não se assuste!!! O lugar continua bacana, tranquilo, cheio de árvores e dá para curtir um arzinho limpo...

Lá, além de ser uma instituição educacional renomada, se tornou o reduto do povo do mundo corrístico, bikestico e triathlistico... vixe, isso ficou meio esquisito!!! Há quem treine remo também!!!

É lá que você encontra todo tipo de assessoria esportiva. Tem aquelas com direito a massagistas, treinadores, tendas, mulequinho da água, carros equipados com gadgets esportivos (colchonetes, bolas, faixas elásticas, bozu e vai lá saber mais o que...), cavaletes para apoio de bikes e uma farta mesa com frutas, sucos, pães e biscoitos. Tá, também tem aquelas mais modestas que não tem nada... 

Se no sábado você quiser encontrar algum corredor e ele não estiver em casa, provavelmente ele estará na USP fazendo o seu longão.

Até gosto de ir para lá dar uma corridinha e depois, muvuca por muvuca que encontramos aqui em São Paulo, ir para a USP tá valendo. Além do mais é quase do lado da minha casa, exatos 3 Km pela Politécnica.

Como todos os lugares, dá para levantar uma lista gigantesca de prós e contras, mas isso encontramos em vários lugares, né!!! Nem vale a pena se preocupar com isso.

Para mim o horário bom é lá pelas 9: uma porque gosto de dormir um pouquinho mais (confesso!!!!) e outra porque a muvuca já diminuiu um pouco. Ir cedo é zuado pois o povo da bike ocupa o espaço como se fossem exclusivamente deles, é aquela velha história de falta de respeito que a gente já conhece. O pior é que as vezes o cara da bike que briga com o corredor é o que estará correndo logo em seguida. mas isso já é caso perdido.

Se você não estiver assessorado, não se preocupe, não morrerá de cede e nem de dor de barriga, existe esperança.... Além da sua garrafinha que fica no carro, tem o bosque da física que tem água e banheiro (melhor levar o seu papelzinho...) e também tem a FEA que tem aulas de sábado. Lá tem banheiro limpo e água gelada, caso o bebedouro estiver ligado... então se planeje afinal são três pontos de água! Bommmmmm!!!! Tá, pode acontecer de estar fechado... vai saber!

Existem vários percursos já definidos, como se pode observar na foto. Mas você também pode criar o seu próprio. Se vai fazer um longão, ihhhhhhhh, dá para misturar todos!


Prometo que loguinho publico umas fotinhos de lá!

Mas e você, gosta da USP?

Ivana



7 comentários:

  1. Não posso opinar pois não conheço a USP. Mas seria como a Pampulha, inclusive com as mesmas inconveniências. Apesar do grande número de clubes na orla, são poucos os que liberam os banheiros. Já tive que recorrer a motéis, até acostumar a usar os espaços naturais. Nada de pudor quando a coisa aperta. Água tem a opção de comprar nos diversos carros que fazem ponto. Também temos problemas com os ciclistas. Seria tão legal se todos tivessem bom senso e educação! Beijão amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espaços naturais???
      Ainda não estou tão naturalizada...
      :)
      Saudades, viu!!!
      Beijo!!!

      Excluir
  2. Me leva pra treinar na USP? Saudade gigaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levo simmmmmmmmmmm!!!
      Saudades!!!
      Beijão!!!

      Excluir
  3. Sensacional ... ótimo texto ... eu amo a USP ... Mas ultimamente a coisa está mais perigosa que o normal ... e os vaga as já sabem até o modelo de seu garmin ...

    Grande bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá medo sim!!! Meu amigo ficou sem a speed, fiquei morrendo de dó!!!
      Beijo!!!

      Excluir
  4. Descobri agora o teu blog e vou "segui-lo" , tem muita informação interessante :D

    Tudo a correr pelo melhor e boa sorte para correr ou passear nesses percursos, é mesmo uma aventura ! ;)

    bons treinos

    bjs de Portugal
    Artur

    ResponderExcluir